quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Assú: Esmarn divulga resultado definitivo do concurso de estagiários do TJRN

Clique na imagem para ampliar
A Escola da Magistratura do RN (Esmarn) divulgou o resultado definitivo do concurso público para seleção de estagiários do Poder Judiciário do Rio Grande do Norte (TJRN), realizado no último dia 4.
Para esta seleção foram disponibilizadas 226 vagas, para alunos dos cursos de Administração, Biblioteconomia, Ciência da Computação, Ciências Contábeis, Comunicação Social, Direito, Estatística, Pedagogia, Psicologia e Serviço Social. A seleção contou com 3.463 candidatos inscritos. As vagas irão atender às necessidades das comarcas divididas por cinco polos: Natal, Assú, Caicó, Mossoró e Pau dos Ferros.
O estagiário receberá, a título de bolsa mensal de estágio pela jornada semanal de 20 horas o valor de R$ 937 e pela jornada semanal de 30 horas, o valor de R$ 1.405,50, conforme Resolução nº. 10/2017-TJ. Além disso, o selecionado receberá também auxílio-transporte no valor atual de R$ 127,60. Os candidatos podem acessar a lista completa no site da Idecan ou neste link. A notícia é do portal eletrônico do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. 

Prefeitura trabalhará em serviços topográficos da obra do novo Abatedouro Público

A administração municipal vai debruçar-se por sobre a execução dos serviços topográficos voltados para a edificação da nova estrutura do Abatedouro Público Municipal, na área situada na zona rural, conforme a determinação do prefeito Gustavo Montenegro Soares. Segundo informação do secretário de Meio Ambiente, Jonaelson Medeiros, esta etapa corresponde ao segundo estágio do cronograma traçado pela Prefeitura do Assú com referência ao citado empreendimento. O novo prédio atende a necessidade de desalojamento do Abatedouro atual, instalado no bairro Alto São Francisco. Jonaelson Medeiros declarou que a tarefa da topografia será realizada pela empresa vencedora da licitação pública com este objetivo, sob a supervisão e monitoramento da Secretaria de Obras Públicas. Ele adiantou que já houve a permissão legal para o uso do terreno no qual o Abatedouro será construído, por parte do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte-IDEMA/RN e do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Rio Grande do Norte-IDIARN. O espaço físico também foi vistoriado pelo Ministério Público Estadual.  No dia 25 de agosto passado, em consonância com o sentimento do chefe do Executivo quanto à obra, secretários executivos, consultores, secretários (titulares e adjuntos) e demais auxiliares se reuniram para encaminhar ações a fim de cumprir a orientação do gestor. O Consultor de Engenharia, Sande Martins, se encarregou de uma completa explanação sobre a situação atual do projeto. Segundo o secretário de Meio Ambiente o encontro permitiu delegar as atribuições a cada célula administrativa no planejamento traçado com o propósito de assegurar a realização do investimento.
Fonte: Prefeitura do Assú – Secretaria Municipal de Comunicação e Ouvidoria.

Vereadora Delkiza Cavalcante apresenta emendas ao orçamento municipal

O mandato da vereadora Delkiza Cavalcante apresentou emendas propostas à Lei Orçamentária Anual 2018 (LOA) e ao Plano Plurianual 2018-2021 (PPA). Ao todo foram protocoladas oito (08) emendas, todas elas de competência modificativa (quando se propõe novo destino ao recurso já existente no orçamento). As referidas emendas cumpriram os trâmites legais e parecer favorável em todas as etapas, faltando somente o aval para seguir para votação no plenário da Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização Financeira presidida pelo vereador Francisco de Assis Souto (Tê) e tendo como membros titulares os vereadores Waldson Henrique Pereira Bezerra e Fabielle Cristina de Azevedo Bezerra. Desta forma, a vereadora Delkiza destaca a importância do voto favorável desta comissão no sentido de que o município não deixe de realizar as referidas ações alegando que elas não foram incluídas no orçamento aprovado pelos vereadores. Das emendas propostas ao Orçamento 2018 está uma de Apoio a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Assú – APAE/Assú, instituição que desempenha um papel importantíssimo frente à problemática da pessoa com deficiência e sua inclusão social, no entanto, depende para isso do constante apoio de recursos humanos, materiais e financeiros para que esteja em condições de atender a demanda recebida em busca de atendimentos. Para a vereadora Delkiza Cavalcante, o apoio a APAE tem um significado importante para a comunidade, os assistidos e as famílias, visto que ele possibilita a continuidade das atividades oferecidas pela instituição. Dentre outras emendas, Delkiza está propondo destinação financeira para a filarmônica, Programa Bolsa Atleta Municipal e corte de terra.
EMENDAS PROPOSTAS:
- Manutenção das Ações da Filarmônica Cristovão Dantas;
- Manutenção do Programa Bolsa Atleta;
- Manutenção das Ações do Artesanato Assuense;
- Construção, Ampliação e Reformas na Central de Abastecimento Sofia Frutuoso;
- Construção Ampliação e Reformas no Mercado Manoel Pessoa Montenegro;
- Manutenção do Programa Corte de Terras nas comunidades Rurais;
- Apoio a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Assú –
APAE/Assú.
Fonte: AD Comunicação Integrada.

Assú está entre os quase 100 municípios do estado com risco de surto de dengue, zika e chikungunya

Reprodução
O último Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) divulgado na tarde desta terça-feira, 28, pelo Ministério da Saúde aponta que 97 municípios no Rio Grande do Norte em situação de risco de surto de dengue, zika e chikungunya. Isso significa 58,08% dos municípios que enviaram os dados para o relatório. Ainda de acordo com a Saúde, 22 cidades tiveram desempenho satisfatório, o que corresponde a 13,3%, e 73 estão em situação de alerta (44,24%). Segundo o órgão, 165 das 167 cidades potiguares enviaram dados sobre o estudo. Os municípios em risco são: Acari, Assú, Afonso Bezerra, Alexandria, Almino Afonso, Antônio Martins, Areia Branca, Bodó, Brejinho, Caiçara do Norte, Campo Redondo, Caraúbas, Carnaubais, Cerro Corá, Cruzeta, Currais Novos, Equador, Espírito Santo, Florânia, Frutuoso Gomes, Guamaré, Japi, Jardim do Seridó, Jucurutu, Lagoa Nova, Lajes, Lucrécia, Macau, Marcelino Vieira, Montanhas, Mossoró, Nova Cruz, Ouro Branco, Paraná, Paraú, Parazinho, Passa e Fica, Patu, Pau dos Ferros, Pedro Avelino, Pendências, Poço Branco, Portalegre, Pureza, Rafael Godeiro, Riachuelo, Rodolfo Fernandes, Santa Cruz, Santana do Seridó, Santo Antônio, São Francisco do Oeste, São João do Sabugi, São Miguel, São Rafael, São Tomé, São Vicente, Serra de São Bento, Serra do Mel, Serra Negra do Norte, Tangará, Tibau, Várzea, Passagem, Pedra Grande, Pedra Preta, Pilões, Porto do Mangue, Pureza, Rafael Fernandes, Rafael Godeiro, Riacho da Cruz, Riacho de Santana, Rio do Fogo, Rodolfo Fernandes, Ruy Barbosa, Santa Maria, Santana do Seridó, São Bento do Norte, São Bento do Trairi, São Fernando, São José do Seridó, São Pedro, Senador Eloi de Souza, Serra de São Bento, Serrinha, Serrinha dos Pintos, Severiano Melo, Sítio Novo, Taboleiro Grande, Taipu, Tibau, Timbaúba dos Batistas, Triunfo Potiguar, Várzea, Venha-Ver, Viçosa e Vila Flor. O estudo indica 357 municípios brasileiros em situação de risco de surto de dengue, zika e chikungunya. Isso significa que mais de 9% das cidades que fizeram o levantamento tinham altos índices de larvas do mosquito. No total, 3.946 cidades de todo o país fizeram o levantamento. Além das cidades em situação de risco, o LIRAa identificou 1.139 municípios em alerta, com índice de infestação de mosquitos nos imóveis entre 1% a 3,9% e 2.450 municípios com índices satisfatórios, com menos de 1% das residências com larvas do mosquito em recipientes com água parada. Entre as 17 capitais que o Ministério da Saúde recebeu informações sobre o LIRAa, estão com índices satisfatórios os municípios de Macapá (AP), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Belo Horizonte (MG), João Pessoa (PB), Teresina (PI), Curitiba (PR), Rio de Janeiro (RJ) e Palmas (TO). As capitais com índices em estado de alerta, são: Maceió (AL), Manaus (AM), Salvador (BA), Vitória (ES), Recife (PE), Natal (RN), Porto Velho (RO), Aracajú (SE) e São Luis (MA). As capitais Belém (PA), Boa Vista (RR), Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), São Paulo (SP), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Brasília (DF) e Rio Branco (AC) não informaram os dados ao Ministério da Saúde.
Os dados, relativos até 11 de novembro, foram apresentados pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, nesta terça-feira (28), em Brasília. Na ocasião, também foi lançada a campanha publicitária de combate ao mosquito Aedes aegypti. Confira aqui lista com os municípios com risco, satisfatórios e em alerta.
Fonte: Defato.com

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Polícia Civil de Assú prende suspeito de crime de extorsão constrangimento ilegal e ameaça

A equipe de policiais civis de Assú prendeu, na tarde desta quarta-feira, Higor Eduardo De Souza Silva (24), por força de Mandado de Prisão Preventiva. Segundo informação do delegado Cidrogeton Pinheiro, titular da DP local, “ele é suspeito da prática dos crimes de extorsão, constrangimento ilegal, ameaça e outros, todos praticados contra uma ex- companheira a quem passou a exigir valores e fazer ameaças, inclusive contra familiares”.
Higor Eduardo: Divulgação - Polícia Civil
A autoridade policial informou ainda que “Higor ameaçava revelar intimidades que manteve com sua ex- companheira exigindo valores em dinheiro para se manter silente”.

Deu defeito: Câmera de monitoramento que foi instalada no centro de Assú foi enviada para manutenção

A câmera de vídeo instalada sobre um dos sinais de trânsito na Avenida Senador João Câmara apresentou um defeito e foi retirada temporariamente.  O equipamento faz parte do sistema de vídeomonitoramento, bandeira erguida pela CDL ainda na gestão do ex-presidente Edmilson Albino dos Santos a fim de auxiliar no serviço prestado pela Polícia e também buscando inibir a ação de criminosos. As imagens são enviadas em tempo real para a sala do COPOM no 10º Batalhão de Polícia Militar.
Foi retirada para manutenção e já chegou (...). Estamos aguardando a instalação do ponto de energia pela equipe da prefeitura”, informou o presidente da CDL João Nogueira de Melo Neto. A proposta inicial do projeto era dotar a cidade de mais de uma dezena de câmeras instaladas em pontos estratégicos. Mas, até o momento não se deu a efetiva concretização.

Cartas da campanha Papai dos Correios estão disponíveis para adoção até dia 08 na agência de Assú

Cerca de 350 cartas que foram deixadas na agência dos Correios em Assú endereçadas a campanha Papai Noel dos Correios promovida pela instituição. Até o dia 08 de dezembro que se aproxima, pessoas físicas ou jurídicas podem adotar uma carta e como o lema deste ano observa, tirar do papel o sonho de uma criança. De acordo com Iris Cabral que é gerente dos Correios em Assú, a iniciativa contempla estudantes das escolas da rede pública até o 5º ano do Ensino Fundamental, indicadas pelas Secretarias de Educação Estadual e Municipais. Em Assú a unidade de ensino que teve os seus alunos selecionados pelo projeto foi a Escola Municipal Maria Neuda que se localiza no bairro Parati 2000. A intenção dos Correios é atender a quem escreve para a campanha que há 28 anos realiza sonhos de crianças em situação de vulnerabilidade social em várias cidades do país. Desde 2013 Assú foi inserido nessa lista. Em razão de tal propósito é importante e indispensável o envolvimento de todos no tocante a adoção das cartinhas.

Assú: Enfermeira diz que campanha Novembro Azul tem contribuído para maior conscientização

Divulgação
A sede da Escola Municipal Monsenhor Júlio Alves Bezerra, na comunidade rural de Nova Esperança, em Assú, acolheu na manhã desta terça-feira, dia 28, mais uma atividade inserida dentro da campanha Novembro Azul. A tarefa uniu profissionais dos núcleos do Programa Saúde da Família-PSF das localidades de Nova Esperança, Linda Flor e Panon II. A programação foi prestigiada pelo secretário de Saúde, Luís Eduardo, e pelo secretário executivo de Gestão, Clebson Corsino.
Este trabalho está ocorrendo em todas as unidades de saúde”, declarou Luís Eduardo.
Enfermeira dos quadros da Secretaria Municipal de Saúde, Geórgia Nóbrega explicou que a campanha tem sido de grande utilidade para elevar o grau de conscientização sobre o câncer de próstata e a relevância de realizar o exame preventivo. Segundo ela, a campanha tem colaborado decisivamente para diminuir o mito de que o homem se preocupa mais com o trabalho e deixa a saúde própria num plano secundário.
Nesta agenda trouxemos vários homens das áreas destes PSFs para palestras sobre educação em saúde geral e também estamos indo até o local de trabalho deles”, frisou Geórgia Nóbrega.
Fonte: Prefeitura do Assú – Secretaria Municipal de Comunicação e Ouvidoria.

Servidores do Hospital Regional de Assú aderem a greve da saúde

Na manhã da sexta-feira 24 de novembro, servidoras e servidores estaduais do Hospital Regional de Assú, em plenária realizada no refeitório da unidade, decidiram por unanimidade aderir à greve da saúde do Rio Grande do Norte. A informação é da página do Sindsaúde/RN Regional Mossoró. A mesma fonte salienta que, serviços como Raio-X e exames clínicos estão restritos à urgência e emergência. A entrega de medicamentos via UNICAT estará funcionando com turno reduzido, de 07h às 10h.
A adesão dos servidores do Hospital de Assú atesta que o movimento grevista está crescendo, não obstante a repressão do governo Robinson aos servidores em luta. Nesta sexta-feira, o governo, que já tentara enfraquecer a adesão dos trabalhadores através da Justiça, conseguiu que o juiz Bruno Lacerda (formado na FAD/UERN) ordenasse a desocupação com uso de força policial dos servidores acampados na Governadoria em defesa de seus salários. Trabalhadoras, trabalhadores e estudantes foram impedidos de protestar contra o governo Robinson com o uso de bombas e gás lacrimogêneo. A decisão, todavia, fez crescer a solidariedade e a adesão ao movimento grevista no Rio Grande do Norte”, cita parte do texto exposto na página.

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Emissão de CTPS na unidade do Ministério do Trabalho em Assú voltou a normalidade

Durante duas semanas em decorrência de uma mudança de um sistema para outro, o processo de emissão de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) em Assú foi pausado. Nesse período cerca de 120 pessoas não tiveram acesso ao documento. No entanto, agora tudo está operando dentro da normalidade. Para emitir a CTPS é necessário agendar o atendimento na unidade do Ministério do Trabalho que funciona no prédio da prefeitura na área central do município. Quem reside aqui tem que fazer o agendamento de forma presencial. Quem é de fora o agendamento é feito através do telefone (84) 3331 – 2085. José Carlos Pinto Santos é o chefe e único servidor federal que trabalha na unidade e precisa se desdobrar para dar conta de tanto trabalho. Pessoas de Mossoró e outros municípios buscam atendimento diariamente na representação do Ministério do Trabalho em Assú.

Campus de Assú suspende calendário eleitoral para escolha de diretor e vice

A Comissão Eleitoral do Campus Avançado Prefeito Walter de Sá Leitão (CAWSL), da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), em Assú, decidiu suspender o calendário eleitoral para a escolha do diretor (a) e vice-diretor (a) do Campus, quadriênio 2018/2021. A medida é devido à greve dos docentes, iniciada no último dia 10. Tão logo seja encerrado o movimento grevista, será publicado um novo edital com adequações no calendário eleitoral. Confira o edital aqui.
Fonte: UERN

Aneel mantém bandeira tarifária vermelha em dezembro, mas adota patamar menor

Reprodução
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou que a bandeira tarifária para o mês de dezembro será vermelha, mas no patamar 1, com custo um pouco menor, de R$ 3 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos. Desde outubro, vigorava o patamar 2 na cobrança nas contas de luz, tarifa mais cara prevista na distribuição das bandeiras e que implica a cobrança de taxa extra nas contas de luz de R$ 5 a cada 100 kWh consumidos, após reajuste anunciado em novembro. Em setembro, vigorou na cobrança das contas de luz a bandeira amarela, que aplicou uma taxa extra de R$ 2 para cada 100 kWh. De acordo com a agência, houve uma ligeira melhora na situação dos reservatórios das usinas hidrelétricas. A Aneel disse ainda que, embora não haja risco de desabastecimento, é preciso reforçar as medidas para evitar o desperdício de energia. Na semana passada, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) apontou uma “pequena melhoria” nas condições de atendimento ao Sistema Interligado Nacional, em razão das chuvas registradas no mês de novembro. De acordo com o comitê, o cenário é de acompanhamento da evolução “considerando as chuvas previstas nos próximos dias em grande parte do país”.  Para o período de 15 a 30 dias, a previsão é de chuvas relativamente próximas à média histórica no Sudeste, Centro-Oeste e no centro-norte da região Sul. O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015 como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia de usinas termelétricas, que é mais cara do que a de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia em função das condições de geração. A bandeira vermelha é acionada quando é preciso ligar usinas termelétricas mais caras, por causa da falta de chuvas. Segundo a Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o uso consciente. As cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidade.
Fonte: Agência Brasil.

Prefeito de Assú recebe comitiva do Grupo Lagoa Viva em audiência e ouve reivindicação

Foto: Marcos Costa - Assessoria
A agenda de trabalho do prefeito Gustavo Montenegro Soares nesta segunda-feira, dia 27, incluiu a realização de um encontro em seu gabinete com integrantes do Grupo Lagoa Viva, organismo que surgiu com o propósito de encampar o esforço em prol da desobstrução do trecho pelo qual ocorre a transposição de água do leito do rio Piranhas-Açu para garantir o suprimento hídrico da Lagoa do Piató, principal reservatório natural do município. O prefeito se fez acompanhado do secretário executivo de Infraestrutura, Nuilson Pinto. Na oportunidade, a comitiva entregou uma reivindicação ao chefe do Executivo. Através do Ofício nº 004/2017-GLV, de 27 de novembro corrente, os membros do Grupo Lagoa Viva pleiteiam à administração municipal a construção e recuperação da estrutura do sangradouro da Lagoa do Piató. No documento é explicitado que “a respectiva manutenção corretiva deste sangradouro permitirá que as águas das chuvas permaneçam com maior lâmina no interior desta lagoa, sendo também uma ação complementar de suma importância”.
Durante a audiência, o prefeito Gustavo Soares manifestou o desejo de ver de perto as condições da estrutura da lagoa. Ele reiterou sua disposição de colaborar para a efetiva recuperação da coleção hídrica para, quando da chegada da época chuvosa, ela retomar sua capacidade e readquirir sua importância vital para a qualidade de vida das comunidades no seu entorno.
A Lagoa do Piató é um patrimônio do Assú e do Estado e é preciso desassorear o canal do Rio Cipó para que ela receba as águas que, se Deus quiser, chegarão em abundância quando o inverno se confirmar”, finalizou o prefeito.
Fonte: Prefeitura do Assú – Secretaria Municipal de Comunicação e Ouvidoria.

Abatedouro Público Municipal do Assú está na ordem do dia na 14ª reunião do Conselho Consultivo da FLONA

Reprodução
Colegiado constituído por um total de 16 instituições que representam os mais diversos segmentos da sociedade civil organizada, como igrejas, associações, Prefeitura do Assú e OAB local o Conselho Consultivo da Floresta Nacional de Açu (FLONA) se reunirá amanhã, dia 29 de novembro na sede do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICM-Bio), localizada na Avenida Poeta Renato Caldas, bairro Alto São Francisco a partir das 14h. Em pauta uma discussão em torno do Abatedouro Público Municipal do Assú, além das duas linhas de transmissão de energia elétrica que passam sobre a FLONA. A informação é dada ao Jornal da Manhã, na Rádio Princesa do Vale pelo diretor chefe da unidade ambiental no município, biólogo Mauro Guimarães.
Tudo isso a gente vai discutir além de assuntos propostos pelos membros do Conselho. Tem assento no Conselho Consultivo representantes das entidades, mas a reunião é aberta a todas as pessoas”, antecipou.
O representante do ICM-Bio não detalhou o que será especificamente tratado a respeito do Abatedouro o que deve despertar o interesse de quem quer realmente saber para se fazer presente na reunião. 

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Assú e outros municípios potiguares receberão incentivo financeiro do Ministério da Saúde assistência farmacêutica

No estado do Rio Grande do Norte, 100 municípios receberão incentivo financeiro do Ministério da Saúde para aprimorar a qualidade e estrutura dos serviços farmacêuticos de unidades de saúde.  São R$ 600 mil para o estado, sendo R$ 6 mil para cada município beneficiado. A iniciativa faz parte do Programa Nacional de Qualificação da Assistência Farmacêutica no âmbito do Sistema Único de Saúde (Qualifar-SUS), cita informação do Ministério da Saúde por meio da sua assessoria de imprensa. O recurso também poderá ser destinado para a contratação de novos profissionais, além do aprimoramento dos serviços de conectividade dos locais, para dar maior agilidade no atendimento à população e uma melhor organização dos estoques de medicamentos. O recurso foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) da última segunda-feira (20/11). No total, o Ministério da Saúde destinou cerca de R$ 6,1 milhões para mais de mil municípios do país. A ampliação no investimento e no aprimoramento da informatização é um dos principais objetivos do Ministério da Saúde. A estratégia de qualificar os serviços de saúde integra o conjunto de investimentos já realizados por meio do Projeto de Qualificação da Assistência Farmacêutica e Intervenção Sistêmica da Assistência Farmacêutica nas Redes de Atenção à Saúde - QualiSUS-Rede. O projeto foi desenvolvido em 15 regiões do país, em 486 municípios, com entrega de computadores, realização de pesquisa diagnóstica sobre os serviços farmacêuticos e ofertas educacionais na modalidade à distância para mais de 5 mil profissionais de saúde. Desde a criação do QualiSUS-Rede, em 2012, a pasta já designou mais de R$ 105 milhões para 1.582 municípios. Para participar do Qualifar-SUS, o município deve fazer parte de programas da Atenção Básica, como o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ), Programa de Requalificação das Unidades Básicas de Saúde (Requalifica UBS), e o Hórus, sistema de Assistência Farmacêutica que permite o controle da compra, armazenamento, distribuição e dispensação dos medicamentos. Organizado em quatro eixos (estrutura, educação, informação e cuidado), o programa engloba desde investimentos na estruturação dos serviços farmacêuticos até ações de cuidado ao usuário. A proposta é contribuir para o aprimoramento, implementação e integração das atividades da assistência farmacêutica nas ações e serviços de saúde, visando uma atenção contínua, integral, segura, responsável e humanizada. Os municípios contemplados são; Acari, Assú, Afonso Bezerra, Água Nova, Alexandra, Almino Afonso, Angicos, Antonio Martins, Apodi, Arez, Baraúna, Barcelona, Bodó, Bom Jesus, Brejinho, Caicó, Campo Redondo, Canguaretama, Carnaúba dos Dantas, Coronel João Pessoa, Cruzeta, Doutor Severiano, Encanto, Fernando Pedroza, Francisco Dantas, Frutuoso Gomes, Governador Dix-Sept Rosado, Guamaré, Ipueira, Itajá, Itaú, Jaçanã, Janudis, Januário Cicco, Japi, Jardim de Angicos, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, João Câmara, José da Penha, Jucurutu, Lagoa de Pedras, Lajes, Lajes Pintadas, Lucrécia, Luis Gomes, Macaíba, Major Sales, Martins, Monte Alegre, Monte das Gameleiras, Nova Cruz, Olho d´água dos Borges, Ouro Branco, Parelhas, Passa e Fica, Passagem, Patu, Pau dos Ferros, Pedro Avelino, Pendencias, Portalegre, Porto do Mangue, Presidente Juscelino, Rafael Fernandes, Rafael Godeiro, Riacho da Cruz, Riacho de Santana, Rio do Fogo, Rodolfo Fernandes, Ruy Barbosa, Santana do Seridó, Santo Antônio, São Bento do Trairi, São Fernando, São Francisco do Oeste, São João do Sabugi, São José do Seridó, São Miguel, São Miguel do Gostoso, São Paulo do Potengi, São Rafael, São Tomé, São Vicente, Senador Elói de Souza, Serra de São Bento, Serra Negra do Norte, Serrinha dos Pintos, Severiano Melo, Sítio Novo, Taboleiro Grande, Tangará, Tibau, Timbaúba dos Batistas, Touros, Umarizal, Várzea, Venha ver, Vera Cruz e Viçosa.

Etapa de Assú do projeto Conexão Skol acontecerá dia 06 de dezembro na Praça São João

Divulgação
Acontecimento incluído numa programação que percorrerá cidades do estado do Ceará e outros municípios do Rio Grande do Norte, o projeto Conexão Skol, da cervejaria do mesmo nome, aportará em Assú dia 06 de dezembro, uma quarta-feira, com sua estrutura montada na Praça São João, logradouro central da cidade. Aberto gratuitamente ao público em geral, o projeto – a partir de seis horas da tarde – contará com duas atrações musicais: Xodó Nordestino e Forró dos 3. No Rio Grande do Norte, as cidades escolhidas para a agenda da campanha de verão da Skol foram Caicó, neste sábado, dia 25, Assú, no dia 6 de dezembro; Mossoró, no dia 16 de dezembro; Pau dos Ferros, no dia 22 de dezembro; e, Nova Cruz, no dia 27 de janeiro de 2018. Valorizando a cultura e a diversidade, um caminhão especial levará festa para os municípios selecionados. De acordo com a Skol, o caminhão se transformará em um palco. Além disso, bares serão instalados nos locais. Os shows acontecerão sempre em praça pública. De acordo com informação da assessoria de imprensa do projeto Conexão Skol, todos os ambulantes cadastrados para trabalhar na festa serão treinados para coibir a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos, evitar o consumo em excesso ou associado a bebida e direção. Além disso, serão feitas parcerias com associações de coleta seletiva de cada município para o recolhimento das latinhas, que seguirão para as cooperativas de reciclagem.

Assú receberá mais de 634 mil reais do Aporte Financeiro aos Municípios

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) calculou quanto cada Município deve receber do Aporte Financeiro aos Municípios (AFM), no valor de R$ 2 bilhões. O repasse foi anunciado na noite desta quarta-feira, 22 de novembro, durante audiência do presidente da República, Michel Temer, com o líder do movimento municipalista, Paulo Ziulkoski, e representantes das entidades estaduais municipalistas. A entidade aguarda agora a publicação de medida provisória informando aos gestores municipais a data em que o valor será depositado nas contas das Prefeituras. De acordo com Temer, o valor será creditado ainda no mês de dezembro. A CNM destaca, no entanto, que o valor será distribuído sobre a forma de Participação dos Municípios, porém, o valor será bruto, sem incidência do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A entidade destaca ainda que o valor compõe a Receita Corrente Liquida (RCL) e por isso tem a mesma vinculação constitucional de gastos em saúde e educação que o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A conquista foi muito comemorada entre os gestores municipais que enfrentam sérios problemas para fechar as contas nas administrações municipais. A CNM reforça que a união, o engajamento e a mobilização dos gestores municipais mostrou que essa é a melhor forma de avançar nas pautas que trazem melhorias aos Municípios. A notícia é da CNM. A entidade municipalista disponibilizou no seu site (www.cnm.org.br) um link que permite o acesso ao valor que cada município brasileiro receberá. Assú terá direito a uma quantia de 634 mil 225 reais e 78 centavos. Para saber mais clique aqui.

domingo, 26 de novembro de 2017

Semana Nacional da Conciliação terá audiências na Vara do Trabalho em Assú

Começa na próxima segunda-feira (27) e segue até a sexta-feira (1/12), a XII Semana Nacional da Conciliação do Poder Judiciário, que tem como tema 'Conciliar: nós concordamos'. No Rio Grande do Norte, magistrados e servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) já estão mobilizados para realização das audiências de conciliação que serão realizadas na capital e interior do estado. Em Natal, estão programadas aproximadamente 500 audiências que acontecerão, das 08h às 17h, no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC), e vão reunir pautas com trabalhadores e empregadores para tentativas de conciliação. Além das partes do processo, o CEJUSC-Natal está recebendo pedidos para inclusão de processos em pauta de advogados e de grandes devedores como hotéis, bancos, construtoras e da Companhia de Águas e Esgoto do Rio Grande do Norte (CAERN). Pautas de audiências de conciliação também estão sendo programadas para as Varas do Trabalho de Goianinha, Assú, Caicó e Currais Novos. O CEJUSC-Mossoró tem realizado uma intensiva mobilização junto aos advogados e empresas para realizar pautões temáticos, como no caso da e empresa CONFIANÇA, que já conta com cerca de 400 processos, além da COSERN, APAMIM e Tetto Construções. Além das audiências previamente agendadas, o CEJUSC vai realizar audiências com grandes devedores a exemplo de uma empresa terceirizada da Petrobrás que possui uma dívida estimada em R$ 1 milhão e um hospital que deve R$ 500 mil. A equipe do CEJUSC-Mossoró também está mobilizado por meio do WhatsApp, por meio de grupos temáticos divididos por processo ou por empresa, onde as tentativas de acordos já estão sendo realizadas. Caso o advogado, empresário ou trabalhador deseje incluir algum processo em pauta ou solucionar alguma demanda durante a Semana Nacional da Conciliação, no âmbito da Justiça do Trabalho do Rio Grande do Norte, basta enviar um pedido pelo e-mail semana@trt21.jus.br
A notícia é da Divisão de Comunicação Social do TRT.

B3: 5,6 mil veículos foram financiados no Rio Grande do Norte em outubro

Imagem meramente ilustrativa
O Rio Grande do Norte encerrou o mês de outubro com 5.652 veículos financiados, entre novos e usados. O resultado foi 17,6% maior do que o verificado no mesmo período de 2016. Os dados incluem automóveis leves, motos e pesados. O levantamento é da B3, empresa resultante da combinação de atividades da BM&FBOVESPA, uma das maiores bolsas do mundo em valor de mercado, e a Cetip, maior depositária de títulos privados da América Latina. A B3 opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), base integrada de informações que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil. O SNG impede que o processo de financiamento de veículos seja suscetível a fraudes sistêmicas. As vendas financiadas de automóveis leves foram responsáveis por 78% do total negociado no estado, ao somarem 4.418 unidades vendidas a crédito. Já as motos atingiram 1.083 unidades financiadas, queda de 3,1% na comparação anual. Em outubro, o Nordeste totalizou 71.281 veículos financiados, aumento de 15,9% em relação ao mesmo período de 2016. Ao somar 16.300 motos vendidas a crédito, a região manteve a vice-liderança no ranking de financiamentos da categoria em todo o Brasil, atrás do Sudeste. O total de veículos financiados no Brasil em outubro somou 450.237 unidades, entre automóveis leves, motocicletas, pesados e outros, aumento de 20,3% em relação ao mesmo período de 2016. Desse total, as vendas a crédito de veículos novos atingiram 159.754 unidades, enquanto os usados chegaram a 290.483. A informação é de Patrícia Lucena da assessoria de imprensa da B3.

sábado, 25 de novembro de 2017

Ministério Público investiga possível ilegalidade em destinação de casas do Conjunto Cristóvão Dantas

Reprodução
O exemplar desta sexta-feira (24) do Diário Oficial do Estado estampa cópia da Portaria nº 011/2017, do dia 16 deste mês, legitimada pela promotora pública Tiffany Mourão Cavalari de Lima, dando origem ao Inquérito Civil nº 06.2017.00003307-9, objetivando investigar possíveis irregularidades na destinação de casas sociais em programa habitacional na cidade de Assú. A averiguação, que envolve o município do Assú, é decorrente de representação impetrada no órgão ministerial por Andreza Cristina Moura Fernandes. A fiscal da lei determinou a expedição de ofício à Prefeitura do Assú, para que, no prazo de 20 dias úteis, encaminhe à Promotoria de Justiça: a listagem dos munícipes que, atualmente, são beneficiários do conjunto habitacional Cristóvão Dantas, ressaltando que deverá constar da respectiva lista a quantidade de residências ocupadas e/ou desocupadas pelo programa, bem como a profissão e endereço dos contemplados; o regulamento completo do programa habitacional supracitado; cópia integral dos convênios porventura firmados para a consecução do projeto (do programa); e, informações pormenorizadas sobre os critérios utilizados pelo Poder Público municipal para realização de cadastro e concessão de casas sociais em conjuntos habitacionais; Noutro ofício, endereçado à Câmara Municipal de Assú, a signatária do Ministério Público do RN requisita, em 10 dias úteis, cópia da legislação de base ou do ato normativo correlato, porventura existente, referente a cadastros e eventuais concessões de moradias sociais em conjuntos habitacionais.
Fonte: Blog Pauta Aberta.

Membros do CBH-PPA foram empossados durante evento na Paraíba

Os quarenta novos titulares e quarenta novos suplentes do Comitê da Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Açu (CBH-PPA) tomaram posse em solenidade que aconteceu na tarde desta quinta-feira (23), no auditório do Sebrae de Patos/PB. O evento foi coordenado pela mesa diretora do comitê e contou com a presença de autoridade e convidados.
Hoje é um dia de festa, um dia para celebrar mais um importante passo dado por este importante comitê. Aqui, de forma conjunta, estamos nos empossando como membros titulares e suplentes para um longo desafio nos próximos quatro anos. Desejo sorte a todos e que tenhamos empenho para enfrentar as adversidades desta importante luta, que é a questão hídrica desta bacia”, disse o presidente Procópio Lucena. O próximo compromisso do novo colegiado foi na sexta-feira (24), com a realização da 17ª Reunião Ordinária do CBH-PPA. A pauta extensa teve como um dos principais assuntos a eleição da nova mesa diretora do comitê para um mandato de dois anos - gestão 2017-2019. A notícia é do site do CBH-PPA e clicando aqui você pode ter acesso a mais informações.

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Nelter Queiroz anuncia destinação de 900 mil para hospitais em Assú e mais duas cidades

Divulgação - Assessoria
Durante pronunciamento realizado nesta quinta-feira (23), na tribuna da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o deputado Nelter Queiroz (PMDB) anunciou três emendas parlamentares de sua autoria, no valor de R$ 300 mil cada, que serão incluídas no Orçamento Geral do Estado (OGE) de 2018, destinadas aos hospitais regionais de Assú, Caicó e Currais Novos. Já nesta sexta-feira (24), o parlamentar foi pessoalmente ao encontro do secretário estadual doutor George Antunes, na sede da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), dar ciência ao gestor sobre a destinação destas emendas através de seu mandato.
Os hospitais regionais de Assú, Caicó e Currais Novos receberão recursos na ordem de R$ 300 mil cada, através de nosso mandato. Recursos esses que serão muito importantes para aliviar a situação crítica da saúde pública potiguar, principalmente nas regiões Seridó e Vale do Açu”, confirmou o parlamentar por meio da sua assessoria de imprensa.

Anatel começa a bloquear celulares piratas em maio de 2018

Reprodução
O Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou na quinta-feira, 23, o cronograma de implantação do bloqueio de novos terminais móveis irregulares. O bloqueio, que começará no dia 09 de maio de 2018, não afetará os terminais exclusivos para dados, porque, de acordo com a agência, não seria possível encaminhar as mensagens informativas aos aparelhos. O projeto piloto será iniciado no Distrito Federal e em Goiás no dia 22 de fevereiro de 2018 com o envio de mensagens aos usuários de celulares irregulares. A medida vale para aparelhos conhecidos como piratas, que foram habilitados a partir de 22 de fevereiro nas duas unidades federativas. O projeto tem por objetivo coibir o uso de telefones móveis não certificados pela Anatel, com IMEI (International Mobile Equipment Identity) adulterado, clonado ou outras formas de fraude. Participam do projeto, coordenado pela agência, a indústria e as empresas de telefonia móvel. A decisão da Anatel prevê ainda que a interação com órgãos de defesa do consumidor e Ministério Público deve ser constante e anteceder a fase de encaminhamento de mensagens sobre adoção de medidas de restrição de uso de aparelhos irregulares. A Procuradoria Federal Especializada da Anatel não identificou impedimento jurídico ao bloqueio apenas de novos aparelhos irregulares. Dados coletados pela Anatel demonstram que cerca de um milhão de novos aparelhos entram nas redes das prestadoras mensalmente. Cada celular tem um número de identificação único e global, chamado de IMEI, que equivale, por exemplo, ao número de chassis de um carro, ou seja, é único para cada aparelho celular. O consumidor deve verificar, antes de comprar um aparelho celular, se o número que aparece na caixa, o número do adesivo e o número que aparece ao discar *#06# são os mesmos. Caso os números apresentados sejam diferentes, há uma grande chance de o aparelho ser irregular.
Fonte: Agência Brasil.

Assú: Coordenador do CAD Único reforça convocação com respeito à inscrição no BPC

Os idosos que recebem o Benefício de Prestação Continuada-BPC devem estar no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal-CAD Único para manutenção do seu benefício. O prazo para inscrição é até 31 de dezembro. Para fazer o cadastramento o Responsável Familiar-RF deve ter mais de 16 anos e não precisa ser o beneficiário do BPC, sendo exigido que habite na mesma residência do beneficiário e que compartilhe as responsabilidades com despesas e renda. Assú possui 240 (Duzentas e quarenta) pessoas que precisam cumprir tal exigência. Conforme informação do coordenador do Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal-CAD Único, em Assú, Carlos Júnior, o atendimento ocorre na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho, Cidadania e Habitação – antiga AMVALE – no horário de 08 às 13 horas, no setor do CAD Único. Preferencialmente, o cadastro deve ser feito no mês de aniversário do beneficiário. Mas, registra o coordenador, caso a data do aniversário já tenha passado, a família deve buscar o cadastramento o mais rápido possível. A inscrição no CAD Único, além de manter o BPC, permite o acesso a outros programas sociais, como a Tarifa Social de Energia Elétrica, que concede desconto na conta de energia, além da Carteira do Idoso. Para aquelas famílias de beneficiários que já estão no CAD Único, é importante ressaltar que é necessário atualizar os dados sempre que houver modificação na família, tais como mudança de endereço e alteração na composição familiar, ou, ainda, no prazo máximo de até dois anos.
Fonte: Prefeitura do Assú – Secretaria Municipal de Comunicação e Ouvidoria.

Polícia Civil de Assú detém mulher com carro clonado

Divulgação: Polícia Civil
Policiais civis da Delegacia de Assú prenderam, no início da noite desta quinta-feira, 23 de novembro, Anichelly Kalini Albano da Silva Mendonça (37), pelo crime de receptação. A autuada estava de posse e circulando com um veículo clonado, do tipo Onix Chevrolet, cor branca, cujos sinais identificadores internos estavam alterados e apresentavam divergências. A notícia foi dada pelo delegado Cidorgeton Pinheiro titular da DP local. A mesma fonte acrescentou que, a suspeita pagou fiança e foi colocada em liberdade, mas o veículo ficou apreendido para ser restituído ao seu verdadeiro dono.

Assú recebeu capacitação gratuita sobre Leis de Incentivo Fiscal promovida pela ENGIE Brasil e BNDES

Cerca de 100 pessoas, em número geral, participaram da capacitação gratuita promovida pela ENGIE Brasil Energia e BNDES em Assú, nos dias 20, 21 e 22, através do projeto Capacitar. Realizado no Cine Teatro Pedro Amorim, os cursos tiveram o objetivo prioritário de gerar a troca de informações entre entidades, órgãos governamentais, empresários e a comunidade em geral acerca de temas ligados ao desenvolvimento de projetos vinculados a mecanismos de incentivos fiscais, todos com intuito de captar recursos de verbas que seriam destinadas a impostos e ao governo. 
O curso do Capacitar já foi realizado presencialmente em 7 estados e 13 cidades, sendo Assú a 14ª a receber o projeto. Nesta edição, representantes de entidades do terceiro setor das regiões Vale do Açu e Oeste potiguar também estiveram presentes.  Os temas abordados nos cursos foram: Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet); Lei de Incentivo ao Esporte; Fundo da Infância e Adolescência (FIA); Fundo do Idoso; Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS/PCD) e o Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON).
O curso foi muito proveitoso para gente, tanto para buscar conhecimentos através das Leis de Incentivo Fiscal, como para poder alavancar nossas instituições por meio de projetos. Então, quero parabenizar a ENGIE pelo curso Capacitar realizado na cidade de Assú”, disse Ana Raquel Medeiros, assistente social e representante da Apae Assú.
A ENGIE acredita que as lideranças locais e as entidades do terceiro setor desenvolvem um trabalho essencial na transformação do país, e para isso torna-se essencial que estas sejam capacitadas e possam assim obter maior gama de possibilidades de captação de recursos para os seus projetos. Como maior incentivador da Lei Rouanet no Estado de Santa Catarina, nosso trabalho também é o de incentivar outras empresas a apoiarem projetos através dos mais diversos mecanismos de incentivo fiscal”, destaca Rafael Caldeira, gerente da Usina Solar Assú V e representante da ENGIE na cidade. A programação incluiu palestras presenciais, realizadas com o apoio da Brisanet, da Prefeitura do Assú/Sala do Empreendedor e da coordenação da Incentive Projetos e Eventos.
O Capacitar também disponibiliza, gratuitamente, cartilhas sobre os mecanismos fiscais que podem ser conferidos no site www.capacitar.vc. Até o momento, mais de 5.000 cartilhas impressas foram distribuídas e aproximadamente 2.000 pessoas foram capacitadas através do projeto.
 Sobre a ENGIE Brasil
No Brasil, a ENGIE é a maior produtora privada de energia elétrica no País, operando uma capacidade instalada de 10.290 MW em 32 usinas em todo o Brasil, o que representa cerca de 6% da capacidade do País. O Grupo possui 90% de sua capacidade instalada no Brasil proveniente de fontes limpas, renováveis e com baixas emissões de gases de efeito estufa, posição que tem sido reforçada pela construção de novas eólicas no Nordeste e por uma das maiores hidrelétricas do País, Jirau (3.750 MW), localizada no rio Madeira e que foi inaugurada em dezembro de 2016. O Grupo também atua na área geração solar distribuída e oferece serviços relacionados à energia, engenharia e integração de sistemas, atuando no desenvolvimento de sistemas de telecomunicação e segurança, iluminação pública e mobilidade urbana para cidades inteligentes, infraestruturas e a indústria de óleo e gás. Contando com 3.000 colaboradores, a ENGIE teve no Brasil em 2016 um faturamento de R$ 6 bilhões.
Fonte: Zumba Assessoria

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Taekwondista assuense é campeã em competição disputada no estado de São Paulo

A atleta Nívia Barros da cidade de Assú sagrou-se campeã nos Jogos Regionais do Estado de São Paulo. A taekwondista do Team Taekwondo Escola foi contratada para representar o Santos Futebol Clube na edição de número 81 da competição que foi disputada em São Caetano do Sul no ABC Paulista. Nas duas edições anteriores Nívia havia conquistado prata e bronze respectivamente. Porém, em 2017 subiu ao ponto mais alto do pódio. Ainda sobre taekwondo, no último final de semana o Team Taekwondo Escola foi uma das delegações participantes do Cabugi Open que aconteceu no município de Lajes região Central do estado. O técnico Fábio Lourenço da Silva informou que a equipe assuense que ficou na terceira colocação geral conquistando 15 medalhas sendo 11 de ouro.

Assú: Saúde pública municipal dá sequência a ações relativas a campanha Novembro Azul

Toda a estrutura do setor de saúde pública do município do Assú está engajada às ações referentes a campanha Novembro Azul. Conforme informação do secretário municipal de Saúde, Luiz Eduardo, a tarefa mobiliza todo o conjunto de profissionais da pasta e se verifica em todos os núcleos de atendimento da rede pública, tanto da cidade como da zona rural.
O trabalho consiste basicamente na propagação de informações de como agir preventivamente a fim de evitar o problema”, explicou o secretário municipal.
Novembro Azul é o nome do movimento internacional que busca a conscientização a respeito do câncer de próstata e da saúde masculina. A campanha visa alertar os homens da importância do diagnóstico precoce. Além de conscientizar a respeito do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças comuns em homens, o Novembro Azul também veio com a ideia quebrar o preconceito que muitos homens têm em relação ao exame de toque. O câncer de próstata é o tipo de câncer mais incidente em homens.
Fonte: Prefeitura do Assú – Secretaria Municipal de Comunicação e Ouvidoria.

Fátima cobra apoio do governo federal para solucionar crise dos municípios

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
Durante a audiência pública da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado, que debateu a crise financeira dos munícipios, a senadora Fátima Bezerra cobrou, nesta quarta-feira (22), do governo federal uma medida concreta de auxílio às prefeituras de todo país, a exemplo do que fizeram os presidentes Lula e Dilma Rousseff, que liberaram apoio financeiro aos municípios nos períodos de crises. Os prefeitos solicitam que o governo federal edite uma medida provisória liberando R$ 4 bilhões para poderem, ao menos, cumprir com seus compromissos de custeio até o fim deste ano. Nesta quarta-feira (22), no final do dia, o presidente Temer receberá a comitiva de prefeitos no Palácio do Planalto. A expectativa é que o governo apresente uma proposta para socorrer os municípios.
A pauta apresentada pelos prefeitos em Brasília, com proposições que estão em tramitação no Congresso, como a derrubada do veto 30 (Encontro de Contas dos Municípios com a União e parcelamento das dívidas previdenciárias dos estados, do Distrito Federal e dos municípios), apresentações de emendas, entre outros são importantes. Mas, neste momento, o foco tem que ser a apresentação da medida provisória. Os prefeitos não têm que pedir, eles têm que exigir do governo federal a medida provisória, que garanta o equilíbrio financeiro. Isto não é nada, para um governo que vem patrocinando benefícios, anistias, refis e perdoando dívidas de grandes empresários e banqueiros”, destacou Fátima.
Debate
Para o presidente da Confederação Nacional do Munícipios (CNM) , Paulo Zilkoski, Executivo e Legislativo precisam buscar soluções estruturantes para as prefeituras de todo país, não apenas medidas paliativas, passando pela construção de um novo Pacto Federativo. “Tem que haver mais respeito com os municípios no Brasil”, declarou Paulo Zilkoski.
Benes Leocádio, presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN, destacou que as prefeituras necessitam de mais recursos para oferecer um serviço mais qualificado à população.
Não precisamos estar de pires na mão, mendigando todo ano, apelando por apoio do governo federal. Hoje estamos aqui para dizer que não queremos mais pedir; queremos respeito à nossa Constituição, ao pacto federativo e a todos brasileiros, pois eles moram em nossos municípios”, cobrou.
No estado do Rio Grande do Norte, segundo dados da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte, há 287 obras paralisadas e outras 370 que deveriam ter sido iniciadas, mas foram suspensas pelo atual governo. Além dos presidentes da FEMURN e da CNM, participaram da reunião o presidente da Associação Mineira de Municípios, prefeito Julvan Lacerda; o presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, Neurilan Fraga; o presidente da Associação Amazonense dos Municípios, Anderson Cavalcante e o presidente da Federação da Associação dos Municípios da Paraíba, Tota Guedes. O Rio Grande do Norte estava representado pela deputada Zenaide e pelos prefeitos de Jandaíra, Carnaúba dos Dantas, Passa e Fica, Jardim do Seridó e Jaçanã.
Fonte: Assessoria de Imprensa - Senadora Fátima Bezerra - PT/RN

Delegados de Assú e Caicó coordenam operação da Polícia Civil em Itajá

A Polícia Civil deflagrou na madrugada desta quinta-feira, dia 23 de novembro a Operação Adsumus, na cidade de Itajá região do Vale do Açu. A ofensiva visa o combate ao crime organizado. De acordo com informação dada por Cidorgeton Pinheiro titular da Delegacia de Polícia de Assú, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em imóveis de suspeitos por crimes de tráfico de drogas e outros, como homicídios.
Divulgação: Polícia Civil
A ação foi coordenada pelos delegados Cidorgeton Pinheiro, e Leonardo Germano, de Assú e Caicó respectivamente, e resultou na prisão de Nivânia Santos Dantas (31) e Francisco Moézio de Oliveira (43), cada um deles flagrado com uma arma de fogo, uma pistola calibre 380 e um revólver calibre 38.
Divulgação: Polícia Civil
Com o casal também foi apreendido a importância de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), relógios, peças e ouro e um giroflex. A ação conjunta das Delegacias de Serra Negra, Caicó e Assú visa, ainda, a robustecer com provas as investigações por crimes de homicídios praticados por suspeitos alvos da operação. Adsumus é um lema dos fuzileiros navais e significa “estar presente” ou “aqui estamos”, esclarecendo que a Polícia Civil está atenta aos problemas da cidade de Itajá.
Divulgação: Polícia Civil
Em continuidade à operação Adusumus, na parte da tarde, policiais civis e militares de Assú apreenderam mais duas armas de fogo, sendo um revólver calibre 38 e uma pistola calibre 380, essa última com dois carregadores e farta munição, além de drogas e diversos objetivos de origem suspeita. Cinco homens foram presos nessa fase da operação, alguns já muito conhecidos da polícia e recém-saídos da prisão. O delegado Cidorgeton Pinheiro informou que o grupo, durante essa semana, foi apontado como responsável por alguns ilícitos na cidade, sendo que alguns deles têm vínculos com os alvos de medidas cautelas cumpridas, na cidade de Itajá na fase inicial da ofensiva.
Divulgação: Polícia Civil
Foram presos em flagrante delito, pelos crimes de tráfico drogas, associação para o tráfico, posse ilegal de arma de fogo, receptação e associação criminosa armada, as pessoas de Aldejackson Gonzaga do Nascimento (30), Jhonatas Felipe Pereira Barros (23), Paulo Inácio de Melo (28), Nário Bruno Oliveira da Rocha (28) e Irismar Rodrigues da Silva (28). O quinteto é conhecido pelos apelidos de Djackson, Pão com Ovo, Paulo de Tadu, Jagatá e Didi respectivamente.  Ao todo, no fechamento da operação, foram quatro armas de fogo. Em vídeo (Créditos do Assú Notícia – Jalisson Ferreira), uma entrevista com o delegado de Assú, Cidorgeton Pinheiro.

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

IGARN e ANA anunciam nova medida restritiva para captação de recursos hídricos no Vale do Açu

Reprodução
O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte (IGARN) e a Agencia Nacional de Águas (ANA) estabeleceram regras de restrição para captações de água localizadas nos açudes Armando Ribeiro Gonçalves e Pataxó, no rio Açu e Açude Pataxó. As restrições estão valendo desde o dia 01/11/17. Na manhã desta terça-feira (21/11) o nível da régua a estação fluviométrica Pendências marcou 0,93cm, o que torna necessária a interrupção das captações de água destinadas a empreendimentos de irrigação, aquicultura em tanques escavados e indústria seguindo o que versa o Artigo 14 da Resolução:
Art. 14. Enquanto o nível d’água observado na estação fluviométrica Pendências (código 37761000) for inferior a 1,00 m, as captações de água destinadas a empreendimentos de irrigação, aquicultura em tanques escavados e indústria deverão ser interrompidas, com vistas a possibilitar a continuidade da operação dos sistemas públicos de abastecimento de água.
Fonte: IGARN

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Assú obtém maior legitimidade para buscar captação de investimentos em prol de idosos

Imagem meramente ilustrativa
A Lei número 599/2017, do dia 10 deste mês, que institui em Assú os Conselho e Fundo Municipais dos Direitos da Pessoa Idosa, sancionada pelo prefeito Gustavo Montenegro Soares, assegurou maior habilitação ao município para obter recursos financeiros visando realizações em prol das pessoas da terceira idade. O ponto de vista é externado pela secretária executiva de Desenvolvimento Humano da Prefeitura, Rizza Montenegro. Ela lembrou que existem diversas fontes de investimento, tanto do setor público quanto do segmento privado, para os quais o acesso exige fundamentalmente a presença dos Conselho e Fundo Municipais dos Direitos da Pessoa Idosa. Rizza Montenegro declarou que “a melhoria da qualidade de vida dos idosos tem desde o início merecido um olhar atencioso e especial da administração municipal, e este passo dado é uma clara demonstração disto”. O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa-CMDPI é um órgão permanente, paritário, consultivo, deliberativo, formulador e controlador das políticas públicas e ações voltadas para o idoso no âmbito do município de Assú, sendo acompanhado pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho, Cidadania e Habitação, órgão gestor das políticas de assistência social do município. A Lei enumera as competências e atribuições do órgão colegiado. O Fundo Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (FMDPI) é um instrumento de captação, repasse e aplicação de recursos destinados a propiciar suporte financeiro para a implantação, manutenção e desenvolvimento de planos, programas, projetos e ações voltadas aos idosos no município de Assú. Ficará vinculado diretamente à Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho, Cidadania e Habitação, tendo sua destinação liberada através de projetos, programas e atividades aprovados pelo CMDPI.

Senac abre matrículas para os cursos de idiomas em Assú e mais três cidades do estado

O Senac/RN abriu matrículas para os cursos de inglês, francês, italiano, espanhol, alemão e libras, nos municípios de Natal, Macaíba, Assú e Mossoró. Para alunos veteranos está disponível um desconto de 15% até 20 de janeiro de 2018. Para os novatos o desconto é de 10% até 15/02/18 em Natal e 02/03/18 no interior. Há mais de 15 anos ofertando cursos de idiomas no Rio Grande do Norte, a Instituição é referência na área, contando com carga horária diferenciada e instrutores certificados internacionalmente. A metodologia utiliza a Abordagem Comunicativa, que privilegia a compreensão e expressão oral e escrita em um contexto real. O Senac dispõe de cursos em diversos níveis, desde o básico ao avançado, para diferentes perfis. A novidade para o semestre 2018.1 fica por conta dos novos cursos de inglês com foco em negócios e viagens, disponíveis apenas na unidade Centro em Natal. Os testes de nivelamento, que identificam o nível de conhecimento do aluno em determinado idioma, ocorrerão nas unidades do Senac, do dia 05 ao dia 15 de fevereiro. Os agendamentos estarão disponíveis a partir do dia 21 de janeiro de 2018, por meio do site www.nivelamento.rn.senac.br.    
Através do telefone (84) 4005-1000 os interessados poderão obter informações detalhadas sobre os níveis ofertados e descontos disponíveis.
Descontos não cumulativos com quaisquer outros concedidos pela Instituição. Válido para pagamentos à vista ou parcelado, para alunos veteranos de Idiomas 2017.2.
Descontos não cumulativos com quaisquer outros concedidos pela Instituição. Válido para pagamentos à vista ou parcelado, para alunos novatos. A notícia é do site oficial do Senac/RN. Os interessados podem deixar seu contato aqui para saber mais.

Walter Alves confirma empenho de R$ 6,9 milhões para obra na Armando Ribeiro Gonçalves

O deputado federal Walter Alves (PMDB-RN) anunciou o empenho de R$ 6,9 milhões, no Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), para as obras de recuperação e modernização da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves. Com este empenho, os recursos para a obra estão 100% assegurados. O projeto já foi inicializado e, quando concluído, vai permitir a entrada das águas da transposição do São Francisco no reservatório. O investimento total é de R$ 16,9 milhões.
Recebemos a confirmação deste novo empenho e, assim, a obra está assegurada. Semana passada, tivemos a liberação de recursos para a barragem de Oiticica. Agora, a garantia do pagamento para as obras na Armando Ribeiro. Nosso mandato vai continuar fiscalizando e cobrando os investimentos para o Rio Grande do Norte”, afirma o deputado Walter Alves.
As obras na Armando Ribeiro Gonçalves – maior reservatório de água do Rio Grande do Norte – fazem parte do Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional (PISF). O serviço já começou e a primeira medição – no valor de R$ 700 mil – já foi paga.
O prazo estabelecido para execução das melhorias na barragem obras é de nove meses consecutivos. As obras são de responsabilidade do consórcio formado pelas empresas Heca Comércio e Construção Ltda. e Opemacs Serviços Técnicos Ltda. O mesmo consórcio foi responsável pelas obras nos reservatórios Castanhão, no Ceará, e Boqueirão, na Paraíba.
Mudanças
De acordo com o Termo de Referência das obras, as atividades na Armando Ribeiro compreendem o desenvolvimento dos seguintes serviços:
• Recuperação dos maciços da barragem principal e diques, compreendendo: limpeza e recuperação dos taludes de montante e jusante, drenagem superficial do coroamento e área de jusante;
• Recuperação do vertedouro;
• Recuperação dos canais de aproximação e restituição do vertedouro e da estrutura de fixação da soleira do vertedouro;
• Recuperação do sistema hidromecânico e estruturas de entrada e saída da tomada d’água;
• Recuperação do sistema de instrumentação;
• Implantação do sistema de automação;
• Instalação de equipamentos de monitoramento hidrométrico e estações hidrometeorológicas automáticas.
A notícia foi extraída da página oficial do parlamentar.